Isanex Logo

Descubra o Valor Real da Sua Startup em 5 Passos Simples

Ter em mãos o valor real – e atualizado – da sua startup, é fundamental para garantir a saúde financeira da sua empresa, bem como para balizar novas estratégias do negócio e atrair -bons- investidores.

Assim, considerando a relevância deste assunto que ainda se apresenta muito nebuloso para muitos empreendedores, os especialistas da Isanex construíram, cinco passos simples para ajudá-lo a calcular o valuation da sua empresa:

Passo 1: Avalie seus Ativos

Comece avaliando todos os ativos tangíveis e intangíveis da sua startup. Isso inclui equipamentos, propriedade intelectual, equipe, base de clientes e qualquer outro recurso que contribua para o valor da empresa.

Passo 2: Calcule o Fluxo de Caixa Livre (FCF)

O cálculo do fluxo de caixa livre (FCF) é essencial para determinar o valor de uma startup. Esse indicador representa a quantidade de dinheiro disponível após subtrair os custos operacionais e os investimentos necessários da receita total. Ao identificar a receita, subtrair os custos operacionais e os investimentos, os empreendedores podem obter uma visão clara da capacidade da empresa de gerar lucro e retornar valor para os investidores.

Compreender o FCF não só ajuda a calcular o valuation da empresa, mas também orienta decisões estratégicas, como alocação de recursos e financiamento, sendo, portanto, uma prática essencial para qualquer empreendedor e altamente recomendada pelos especialistas Isanex.

Passo 3: Escolha uma Métrica de Multiplicador

A escolha da métrica de multiplicador é crucial para calcular o valuation da sua startup de forma precisa e relevante. Existem várias métricas comumente utilizadas, cada uma enfatizando diferentes aspectos do desempenho e potencial de crescimento da empresa. Aqui estão algumas das métricas mais comuns:

  • Múltiplo de Receita: essa métrica é amplamente utilizada, especialmente em setores onde o crescimento da receita é um indicador-chave de sucesso, como startups de tecnologia ou SaaS (Software as a Service). O múltiplo de receita é calculado dividindo o valor da empresa pela sua receita anual. É uma métrica eficaz para empresas em estágios iniciais ou de crescimento rápido.
  • Múltiplo de Lucro: o múltiplo de lucro leva em consideração a rentabilidade da empresa, calculando o valor da empresa em relação ao seu lucro líquido anual. Essa métrica é mais relevante para empresas que estão gerando lucros consistentes e estáveis, e é frequentemente usada em indústrias maduras e estáveis.
  • Múltiplo de Usuários ou Clientes: para empresas focadas em crescimento de base de usuários ou clientes, como plataformas online, redes sociais ou aplicativos, o múltiplo de usuários pode ser uma métrica relevante. Ele calcula o valor da empresa em relação ao número de usuários ou clientes ativos e é particularmente útil em estágios iniciais de desenvolvimento.

 

A escolha da métrica de multiplicador deve levar em consideração o contexto específico da sua startup, incluindo o setor em que opera, o estágio de crescimento e os objetivos de negócio. Avaliar cada métrica cuidadosamente e selecionar aquela que melhor reflete o valor e o potencial da sua empresa é fundamental para calcular um valuation preciso e relevante.

Além disso, é importante estar ciente de que diferentes investidores podem valorizar a empresa de maneira diferente com base na métrica escolhida, portanto, é recomendável estar preparado para justificar sua escolha durante negociações de investimento.

Passo 4: Aplique o Multiplicador Escolhido

Com base na métrica de multiplicador escolhida e nos dados coletados nos passos anteriores, é possível aplicar o multiplicador para calcular o valor da sua startup. Por exemplo, se optou pelo múltiplo de receita e sua startup possui uma receita anual de $500.000, enquanto o multiplicador para empresas semelhantes no mercado é 5x, então o valor da sua startup seria $2.500.000. Esse cálculo fornece uma avaliação inicial do potencial de valorização da empresa e pode ser uma referência útil para orientar negociações de investimento e tomadas de decisão estratégica.

No entanto, é importante ressaltar que o valuation não é uma ciência exata e há uma série de fatores adicionais a serem considerados. Cada startup é única e pode ter circunstâncias específicas que influenciam seu valor, como diferenciação de produto, equipe, tração no mercado e perspectivas de crescimento – e por isso, ter especialistas te orientando ao longo desta construção, pode ser um grande diferencial para catalisar os resultados do seu negócio.

Além disso, é fundamental estar ciente de que diferentes investidores podem ter diferentes percepções de valor e podem usar diferentes métricas e abordagens para calcular o valuation de uma empresa. Portanto, durante negociações de investimento, é importante estar preparado ou ter especialistas ao seu lado, para explicar e justificar o método de cálculo do valuation escolhido, além de estar aberto a discutir e negociar os termos com base no contexto específico da sua startup e do mercado em que atua.

Passo 5: Faça Ajustes e Refinamentos

Por fim, faça ajustes e refinamentos no valor calculado para levar em consideração quaisquer fatores adicionais que possam influenciar o valuation da sua startup, como ciclos de crescimento, tendências de mercado e potenciais riscos. Esteja aberto a revisar, ajustar e atualizar o valuation conforme necessário para garantir que ele reflita com precisão o valor real da sua empresa.

Este é um processo complexo, mas de alto impacto para todos os negócios – por isso, resumimos esse conteúdo em 5 passos para nortear e facilitar a sua construção, mas caso você queira conversar com um especialista Isanex para sanar dúvidas ou

Seguindo esses cinco passos, você estará bem equipado para determinar e comunicar o valor real da sua startup e tomar decisões financeiras informadas para o futuro do seu negócio.

Por: Isanex

Veja mais

Startup inaugura maior fábrica do mundo de captura de CO2

Os 5 principais aprendizados após orientar 100 startups

Quer dar o start no seu negócio? Comece por aqui

Boa estratégia/má estratégia e jogar para vencer

O MVP acabou. Você precisa pensar sobre o MVE.

A Escolha do Modelo de Monetização: Entendendo os Fundamentos e Aprendendo com Casos de Sucesso

Aceleradora com R$ 1 bi em portfólio, Darwin capta seu primeiro FIP

Avaliada em R$ 400 milhões, Conquer é a mais nova aquisição de Flávio Augusto

Fomentando a Inovação na Saúde Brasileira: Oportunidades no Edital “Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação para Reduzir as Vulnerabilidades do SUS e Ampliar o Acesso à Saúde”